Arquivo para saudade

Realidade

Posted in 2011, Descaminhos, Poesia with tags , , , , on 06/10/2011 by Stella

Era uma saudade

Não sei de quê.

Agora tem nome.

Era uma espera sem fim

Agora, encontro.

Era um sonho…

Agora, homem.

∞ ∞ ∞

“Esperei por tanto tempo.Esse tempo agora acabou. Demorou mas fez sentido. Fez sentido que chegou…” (Sou dela, Nando Reis)

Anúncios

Um não-sei-o-quê de não-sei-onde

Posted in 2010, Descaminhos, Poesia with tags on 06/12/2010 by Stella

Saudade…

Dos beijos que não dei,

Das pessoas que não conheci,

Amigos que não fiz,

De amores que não vivi…

Saudade,

De filmes que não vi,

Livros que não li,

Músicas que não ouvi, nem dancei…

Do tempo que perdi…

Emoções não vividas…

Saudade agora dorme em mim.

∞ ∞ ∞

A saudade é uma estrada longa que hoje passa dentro de mim. Me armei só de esperanças, mas usei balas de festim. (Saudade é uma estrada longa, Almir Sater)

Doces lembranças de um quase amor

Posted in 2009, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , , , on 24/10/2010 by Stella

Chocolate meio amargo,

Traz a lembrança e a saudade

Do teu beijo doce.

O loiro que passa por mim na rua

Lembra promessas de um coração distante.

O céu azul, os olhos que um dia

Fitaram-me com paixão.

∞ ∞ ∞

“Quase um amor. Quase um caminho. Que me deixou quase sozinho e quase que fiquei contente e fui feliz pra sempre.” (Quase, Pato Fu)

Lugar incerto e não sabido

Posted in 2008, Descaminhos, Poesia with tags , , , , on 30/03/2010 by Stella

Não sou de

Lugar nenhum

Quando estou aqui

Sinto saudade de lá

Quando estou lá

Sinto saudade daqui

∞ ∞ ∞

“Tento fazer desse lugar o meu lugar. Ao menos por enquanto…” (O meu lugar, Zélia Duncan)

Mix feelings

Posted in 2007, Descaminhos, Poesia with tags , , , on 24/03/2010 by Stella

Meu coração

é um misto

de amor e saudade.

Não vejo a hora

em que você

vai se saciar

em meus braços.

Meu coração e

meu pensamento

estão contigo

sempre, e

aqui só estou de

corpo presente.

∞ ∞ ∞

“… To the sunshine from the rain, make my feelings known towards you. Turn my heart inside and out for you now…” (Breakthru, Queen)