Arquivo de paixão

Tudo que tenho guardado em mim

Posted in 2011, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , on 11/11/2011 by Stella

Todo meu carinho é pouco, criança.

Dou-te minha compreensão,

Meu companheirismo,

Minha atenção,

Meus sonhos em tuas mãos…

Todo esse tempo de espera é pouco, criança.

Dou-te horas de paixão,

Meu amor,

Minha devoção,

Meus encantos sobre teu colchão…

Tudo que tenho guardado em mim, criança…

Só encontrou sentido em ti.

∞ ∞ ∞

“E todos os beijos mais apaixonados que eu guardei, estão guardados pra você.” (Tudo pra você, Sandy)

Affair

Posted in 2010, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , , on 26/03/2011 by Stella

Sei que não é amor,

Mas te visto assim

Pra me iludir.

Não é tampouco paixão…

É uma fuga.

E nessa ilusão

De amor

Vou fugindo,

Caindo, me enredando

Só por gostar dos

Beijos teus e por medo

Da solidão.

∞ ∞ ∞

“Ai! Que coisa boa… À meia-luz, à sós, à tôa… ” (Caso Sério, Rita Lee)

Doces lembranças de um quase amor

Posted in 2009, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , , , on 24/10/2010 by Stella

Chocolate meio amargo,

Traz a lembrança e a saudade

Do teu beijo doce.

O loiro que passa por mim na rua

Lembra promessas de um coração distante.

O céu azul, os olhos que um dia

Fitaram-me com paixão.

∞ ∞ ∞

“Quase um amor. Quase um caminho. Que me deixou quase sozinho e quase que fiquei contente e fui feliz pra sempre.” (Quase, Pato Fu)

Tentação

Posted in 2009, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , , , on 01/05/2010 by Stella

Perdi meu coração nas curvas do teu corpo

Perdi minha inocência no encaixe do teu sexo

Perdi a sanidade numa busca enlouquecida

Perdi minha razão quando dei asas à paixão

E minha  ilusão, com as decepções da vida

∞ ∞ ∞

“Oh! Minha romântica senhora Tentação, não deixes que eu venha a sucumbir, neste vendaval de paixão”. (Senhora Tentação, Cartola)

Dois lados da mesma moeda

Posted in 2006, Descaminhos, Poesia with tags , , , on 20/03/2010 by Stella

Eu era cega,

e um dia te

enxerguei.

E você me mostrou

seu mundo,

sua vida.

E me apaixonei.

E tudo era

lindo…

Até a escuridão

me cegar novamente.

∞ ∞ ∞

“E se for mesmo assim vai levar junto um pedaço de mim…” (Amor se você for embora, Claus e Vanessa)