Arquivo para abraço

O que te aquece a alma

Posted in 2011, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , , on 15/11/2011 by Stella

À tua espera,

Sou esperança.

Na tua chegada,

Sou certeza.

No teu abraço,

Sou ternura.

No teu colo,

Sou criança.

Na tua cama,

Sou mulher.

No teu sono,

Sou teu sonho.

No teu peito,

Sou o que te aquece a alma.

∞ ∞ ∞

“O amor é o calor que aquece a alma. O amor tem sabor prá quem bebe a sua água.” (Do seu lado, Nando Reis)

 

Encontro (batizado por @denisonmendes)

Posted in 2009, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , on 08/07/2011 by Stella

Quero um abraço que me abrace inteira…

Que me torne uma mulher-menina faceira…

Quero um amasso que me aqueça inteira…

Que me torne uma mulher quente e arteira…

Que me faça cometer loucuras… esquecer do mundo… voar nas alturas…

Que me faça querer de tudo… sussurrar baixinho, suspirar profundo e sumir no mundo…

E sumindo no mundo…. que eu me encontre em você…

 (Escrito em parceria com @joanirse via Twitter)

∞ ∞ ∞

“Eu sou tão feliz… Vamos dividir os sonhos que podem transformar o rumo da história.  Vem logo que o tempo voa como eu
quando penso em você…” (Encontro, Maria Gadú)

Espera

Posted in 2010, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , on 10/11/2010 by Stella

Sem você aqui a vida fica

Muito solitária

Sinto falta de um beijo

Que nunca dei.

Um abraço que não

Ganhei.

Um amor que nunca chega.

Não demore…­

∞ ∞ ∞

“Espere por mim, morena. Espere que eu chego já. O amor por você, morena faz a saudade me apressar.” (Espere por mim morena, Gonzaguinha)

Amor distraído

Posted in 2009, Descaminhos, Poesia with tags , , , , , on 23/05/2010 by Stella

Você lamenta o dia nublado

E nem nota

Quando estou na sua órbita

Me visto de sol

Pra iluminar seu dia

Me visto de lua

Pra enfeitar sua noite

Me visto de estrela

Pra iluminar você

E tudo isso teve início

Quando eu…

Me iluminei no teu abraço.

Obs: Publicado também em: Revista Cultural Novitas Nº5

∞ ∞ ∞

“Você não liga pra mim, mas eu ligo. Você nunca fica só, o celular é o seu melhor amigo”. (Você não liga pra mim, Zeca Baleiro)