Arquivo para intensa

Sem reservas

Posted in 2010, Descaminhos, Poesia with tags , , , on 27/07/2011 by Stella

Deixa matar minha sede na tua boca;

Meu desejo no teu sexo;

Minha ânsia de amor nos teus braços.

Vem ser feliz agora!

Por que amanhã é um grande ponto de interrogação

que me esmaga sem piedade.

Vem agora, sem reservas…

Deixa eu te dar todo amor que tenho.

Por que guardar comigo é um peso excessivo

que me sufoca o coração.

Vem agora, que sou toda intensa…

E nessa intensidade sou tua

enquanto durar.

∞ ∞ ∞

“Sin engaños, sin mentiras yo me entrego a tu amor sin reservas, sin callar mi devoción te regalo hasta mi vida.” (Por tu amor, Camilo Echeverry)

Anúncios

Divisão silábica

Posted in 2010, Descaminhos, Poesia with tags , , , on 20/06/2011 by Stella

Es-sa sou eu…

Ou pe-lo me-nos

Par-te de mim…

A par-te in-ten-sa.

A par-te tô-ni-ca.

O res-to é pre-tô-ni-ca

Ou pos-tô-ni-ca,

Mas ain-da par-te

De mim.

∞ ∞ ∞

“Não me acalme com silabas doces. Hoje eu quero o açoite das palavras rudes pra que eu possa me defender em atitudes.” (Depois do perigo, Zélia Duncan)