Doces lembranças de um quase amor


Chocolate meio amargo,

Traz a lembrança e a saudade

Do teu beijo doce.

O loiro que passa por mim na rua

Lembra promessas de um coração distante.

O céu azul, os olhos que um dia

Fitaram-me com paixão.

∞ ∞ ∞

“Quase um amor. Quase um caminho. Que me deixou quase sozinho e quase que fiquei contente e fui feliz pra sempre.” (Quase, Pato Fu)

Anúncios

2 Respostas to “Doces lembranças de um quase amor”

  1. A cada encontro que tenho com um Poema como o seu sinto que tem um grupo enorme de Escritores fazendo essa arte e uma multidão que a ama.
    Somos como antenas que captam essas mensagens e as colocamos em uma dimensão que alcansa o íntimo da alma de quem as lê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: