A promessa de um doce deslize


Enquanto não posso ter você

Passo o tempo com outras bocas

Invado outros corações…

Invento outros amores…

Tento te matar em mim,

Mas nem por isso te quero menos

Você é meu ponto fraco…

Meu calcanhar de Aquiles

Meu fruto proibido,

Meu pecado anunciado.

∞ ∞ ∞

“E é assim o nosso jeito de viver em outros braços tu resolves tuas crises. Em outras bocas não consigo te esquecer.” (Deslizes, Fagner)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: